, ,

Acetato de Sódio P.A

Availability:

8 em estoque (pode ser encomendado)


Acetato de Sódio P.A. – 500g

R$364,50

8 em estoque (pode ser encomendado)

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Acetato de Sódio
Código Nº:
13-10336-05
Apresentação: 500 g
Armazenamento: 15°-30°C

 

O acetato de sódio é um reagente amplamente utilizado em biologia molecular. É usado como um buffer juntamente com o ácido acético, na faixa de proteção de pH 3,6 – 5,6.

O acetato de sódio é usado na purificação e precipitação de ácidos nucleicos 1,2,3, cristalização de proteínas 4
, coloração de proteína em gel após eletroforese5 e HPLC 6
.
Aplicações: em grande medida, o acetato de sódio inclui seu uso como retardador na fabricação de plásticos, como um mordente no tingimento e em coloração de couros 7
.
Estudos de DNA microarrays da resposta de E. coli a diferentes níveis de acetato de sódio foram relatados 8
.
Desdobramento de proteínas durante a cromatografia de fase reversa na presença de diversos sais, incluindo o acetato de sódio e, a diferentes forças iônicas foi estudado 9
.
O acetato de sódio foi usado juntamente com o carbonato de sódio para melhorar a ativação da subtilisina liofilizada de Carlsberg em solventes orgânicos 10
.
O acetato de sódio pode ser usado como substrato para acetocinase (acetato quinase) 11
.

Precauções:
Apenas para uso em laboratório. Não é recomendado seu uso em outros propósitos.

 

Instruções de preparação:
O acetato de sódio é solúvel em água (100 mg/mL), produzindo uma solução clara e incolor.
O pH de 0,1 M da solução aquosa de acetato de sódio a 25°C é 8,98.

 

Referências:

1. Evans, J. K., et al., Simultaneous purification of RNA and DNA from liver using sodium acetate precipitation. BioTechniques, 24, 416-418 (1998).

2. Molecular Cloning: A Laboratory Manual, 3rd ed., Sambrook, J. F., et al., Cold Spring Harbor Laboratory Press (Cold Spring Harbor, NY: 2001), pp. 6.26-6.27, A8.12-A8.16.

3. Wallace, D. M., Large- and Small-Scale Phenol Extractions, Meth. Enzymol., 152, 33-41 (1987).

4. Baniecki, M. L., et al., Adenovirus proteinase: crystallization and preliminary X-ray diffraction studies to atomic resolution. Acta Crystallogr. D Biol. Crystallogr., 58 (Pt 9), 1462-1464 (2002).

5. Bjellqvist, B., et al., A nonlinear wide-range immobilized pH gradient for two-dimensional electrophoresis and its definition in a relevant pH scale. Electrophoresis, 14, 1357-1365 (1993).

6. Clark, T. N., et al., Determination of 3′-azido2′,3′- dideoxyuridine in maternal plasma, amniotic fluid, fetal and placental tissues by highperformance liquid chromatography. J. Chromatogr. B Biomed. Sci. Appl., 755(1-2), 165-
172 (2001).

7. The Merck Index, 12th ed., Entry# 8711.

8. Polen, T., et al., DNA microarray analyses of the long-term adaptive response of Escherichia coli to acetate and propionate. Appl. Environ. Microbiol., 69(3), 1759-1774 (2003).

9. McNay, J. L., et al., Protein unfolding during reversed-phase chromatography: II. Role of salt type and ionic strength. Biotechnol. Bioeng., 76(3), 233-240 (2001).

10. Ru, M. T., et al., Towards more active biocatalysts in organic media: increasing the activity of salt activated enzymes. Biotechnol. Bioeng., 75(2), 187-196 (2001).

11. Rose, I., Acetate Kinase of Bacteria (Acetokinase), Meth. Enzymol., 1, 591-595 (1955)

SKU: 13-10336-05 Categorias: , ,
error: O conteúdo está protegido !!