, , ,

Soro Fetal Bovino – Filtrado, Estéril, Inativado (Nacional) 10-bio100-I

Availability:

93 em estoque (pode ser encomendado)


Coletado de fetos em local asséptico. Os animais são inspecionados pelo Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura.

 

O melhor produto para pesquisa em laboratório é na LGC Biotecnologia!

 

R$633,33

93 em estoque (pode ser encomendado)

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

SORO FETAL BOVINO ESTÉRIL INATIVADO 

 

56°C x 30 min.

 

Código N°: 10bio-100i

Quantidade: 100 mL

 

Armazenamento: -20ºC

 

Produto necessita de transporte especial (Anvisa RDC 304) Veja os procedimentos do Transporte.

*Não pode ser transportado no Correios do Brasil*

 

Origem:

 

O produto é coletado de fetos em local asséptico. Os animais são inspecionados pelo Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura (SIF), para exportação de produtos opoterápicos à Comunidade Econômica Européia (EEC).

 

O produto é acondicionado e padronizado em galões de 4,5Lts. Cada galão é visualmente inspecionado a fim de se verificar sua adequada rotulagem e a integridade do produto e da embalagem.

 

A coleta, manipulação, processamento e estocagem são conduzidos de forma a manter as propriedades e qualidades do soro. Cada lote é acompanhado de um certificado contendo todos os dados dos testes bioquímicos realizados nos soros.

 

Níveis de Hemoglobina:

O padrão exigido pelo mercado é menor que 25mg/dl.

Nossa média é de 15 mg/dL.

 

Método de Coleta:

São coletados de forma asséptica, por punção cardíaca ou venosa.

 

Tamanho do filtro final:

Todos os soros são filtrados em três membranas de acetato de celulose de porosidade inferior à 0,1m.

 

Esterilidade:

Todos os lotes de soros são testados para detectar a presença de bactérias, fungos e outros possíveis agentes contaminantes.

 

Mycoplasma:

Cada lote é testado para detectar a presença de Mycoplasma, em meio líquido e sólido durante 14 dias. Este parâmetro é detectado também através da Reação em Cadeia da Polimerase, utilizando primers

específicos para o gênero.

 

Hemoglobina:

A concentração de hemoglobina no soro é determinada por método colorimétrico através de ensaio onde se mede a atividade de peroxidase da hemoglobina usando orto-toluidina como substrato.

 

Eletroforese de proteínas:

Examinado pelas características do padrão protéico em fita de acetato de celulose e tampão barbital pH 8,6.

 

Teste em Cultura de Células:

Os soros são testados em concentrações de 5 a 30% a fim de promover a repicagem de 10 gerações de subculturas.

Inativação pelo calor:

O soro é inativado a 56ºC por trinta minutos. Esta especificação é válida para os soros inativados.

 

Inativação pelo calor:

O soro é inativado a 56ºC por trinta minutos. Esta especificação é válida para os soros inativados.

 

Especificações:

Cada soro relacionado é testado como um suplemento promotor do crescimento para meios definidos.

 

A escolha de soro está relacionada com:

  • Tipo de linhagem celular
  • Tipo de Cultura
  • Composição química do meio
  • Objetos da investigação ou utilização.

 

Litro

,

error: O conteúdo está protegido !!