,

Caldo TAT

Availability:

5 em estoque (pode ser encomendado)


Caldo TAT (pronto para uso) – frasco com 90mL – caixa com 25 frascos

R$331,40R$623,85

Limpar

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP
Caldo base T.A.T. (Triptose, Azolectina, Tween) com adição de Polisorbato 20 é usado para teste de esterilidade de substâncias altamente gelatinosas ou viscosas como pomadas.

Composição em g/L: Caseína enzimática hidrolisada: 20.00 / Azolectina: 5.00
pH Final (a 25ºC): 7.2 ± 0.2

Base Científica:
O Caldo Base T.A.T. é preparado de acordo com a fórmula recomendada pela Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (1) para enriquecimento e posterior isolamento e cultivo de bactérias Gram negativas em cosméticos, drogas tropicais e testes de esterilidade de substâncias viscosas e gelatinosas.

Prepare uma solução de um décimo de amostras para ser testada de 10-1 a 10-6. Inocule 1 grama (1mL) de amostra e/ou 1 ml de cada diluição diretamente no Caldo T.A.T. (2). Depois da incubação subcultive o crescimento em Agar MacConkey e Agar TSI.

Procedimento de avaliação do crescimento do Meio de Cultura TAT
Dissolva o produto a ser testado, segundo indicações da farmacopeia internacional. Analise o crescimento às 18 e 48 Hs.

Cor e transparência:
Amarelo-claro, solução transparente a levemente opalescente.

Reação:
A reação de 2.5% de solução aquosa contendo 4% de polisorbato 20 tem pH final de 7.2 ± 0.2 a 25oC.

Validade: 6 meses

Referências Bibliográficas:
1. Food and Drug Administration, 1969, Procedure for Examination of Tropical Drugs and Cosmetics.
2. MacFaddin J., 1985, Media for Isolation-Cultivation-Identification-Maintenance of Medical Bacteria, Vol. I, Williams and Wilkins, Baltimore.

Avaliação de Resultados:

Características da cultura depois de 18-48 horas a 35-37ºC.
• Quantidade mínima: 100
SKU: BR203111 Categorias: ,
error: O conteúdo está protegido !!